''Crônica: Aquela morena''

Ahh, aquela morena que vem me receber de braços abertos, de peito aberto e mente aberta. Aquela morena de longos cabelos que entrelaçam-se aos ventos...

Mais tolerância, por favor!

Tolerar, verbo transitivo direto, significa: suportar com indulgência, aceitar. Uma palavra tão simples mas que muita gente ainda não entendeu (ou fingi que não)...

''Vamos falar de preconceito!'', por Amanda Rocco

Fale de preconceito E todo mundo vai negar... "O negro já tem muito direito E já é crime intolerar"...

''É possível ser feliz sozinho sim!''

É incrível ver a quantidade de pessoas que ultimamente imploram por amor ou por ser amadas. Essa falta de segurança em gostar de si mesmo vem trazendo consequências drásticas...

''Cordel: Entre agulhas e cabides'', por Amanda Rocco

5:30 levanta. Saindo de São Mateus, indo para Santa Cecília. Começa o trabalho na padaria, para garantir o pão de cada dia. Metade do que ela ganha, é para ajudar a família. ...

domingo, 28 de junho de 2015

''Maioridade penal: Quando o governo quer combater o efeito e não a causa.''






   Atualmente, a questão da redução da maioridade penal no Brasil, vem sendo fortemente discutida em virtude do descontentamento da população em relação ao número da criminalidade brasileira praticada por menores infratores saírem ''impunes''. Há diversas controvérsias e posicionamentos nesse tema, Muitos apoiam a redução alegando que é o único jeito desses menores aprenderam a ser cidadãos; e outros nem tanto já que possuem outros meios a serem destacados e elaborados além da prisão do menor. A câmara aprovou no dia 17 de junho a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos em crimes hediondos (como estupro, latrocínio e homicídio qualificado) . 
  Sou totalmente contra a redução da maioridade penal, por diversos motivos mas dentre eles posso dizer que: O sistema carcerário do país é PÉSSIMO, imagina com um número maior de detentos? Além de que há outros caminhos que levam á prática de crimes: falta de ensino de qualidade, participação dos pais na vida da criança e do adolescente, dentre muitos outros fatores que nos faz crer que reduzir a maioridade não é a solução mas sim um adiantamento dos problemas sociais que já existem no país há certo tempo.
 Trouxe hoje a opinião de duas leitoras que são contra a redução da maioridade penal, e também vou deixar o link de um site que mostra 18 motivos para ser contra a redução da maioridade penal, que faz todo sentido para aqueles que não sabem do assunto e julgam ''prender'' a solução.

''Redução da maioridade penal é a solução?
Primeiramente é legal informar aos manos informados, que a partir dos 12 anos qualquer adolescente é responsabilizado pelo ato cometido contra a lei. Eles passam por medidas educativas como advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade... Mas essas medidas não são cumpridas como deveriam! 
Agora, COMO colocar alguém de 16 anos, dentro de uma prisão, que possui um sistema penitenciário hiper lotado, sem estrutura, onde há tensão, medo, muita violência e constantes rebeliões, um sistema que por alguns é considerado uma " escola de crime" que é caso do sistema carcerário brasileiro, é a solução? 
(Este  é o principal ponto, que eu Amanda me questiono! Cara, ele tem 16 anos, ele vai sair da cadeia um dia!!! Sairá bem pior do que quando ele entrou! Mas vamos continuar...)
Para aqueles que dizem que os criminosos maiores de 18 pegam menores de 18 para que estes roubem, porque não vão presos, tenho uma péssima notícia! Agora os maiores de 18 pegarão menores de 16!!! Tcharammm, e aí? Vamos diminuindo, 16, 14, 12...? Sério?? Colocar mais gente no nosso ótimo sistema???
Sabe qual é o maior problema?!?
 O governo, mais uma vez, quer combater o efeito e não a causa! 
A constituição brasileira assegura direitos fundamentais como educação, saúde, moradia... Com muitos desses direitos negados, a probabilidade  de um jovem ter envolvimento com o crime aumenta muito. O adolescente "marginal" não surge do nada, ele é fruto de um estado de INJUSTIÇA SOCIAL  que gera e agrava a pobreza, onde grande parte da população sobrevive. 
Sem contar, que na real os jovens são muito mais vítimas do que os próprios autores da violência. Apenas 0,5% da população jovem brasileira  possui relatos infracionais.  Acontece que quando um jovem é o autor, a repercussão é muito maior! Reduzir a maioridade é simplesmente transferir/adiar o problema. Para o Estado é MUITO mais fácil prender do que educar. Com certeza, essa não é a solução.''(Amanda Rocco, 16 anos, estudante)

''Sou contra a redução da maioridade penal, pois ela apenas agravaria o cenário de abandono aos jovens de baixa renda no Brasil. Ajustar a lei para prender infratores de 16 anos não é uma solução para a violência que nos cerca. Pelo contrário, ela pode causar a degradação precoce de crianças. Afora que o sistema carcerário do país não comporta o número de detentos que possui, além de não reinseri-los na sociedade. Para se reduzir a criminalidade, é necessário investir na educação, pois só com um ensino básico, fundamental e médio de gratuito de qualidade, é possível se transformar a sociedade. Redução não é a solução!'' (Júlia Moura, 19 anos, estudante de jornalismo da usp/ECA)

  O ponto que quero chegar aqui, são os meios que levam o menor infrator a praticar tal ato, e que esses meios grande parte são culpa do governo SIM! Desse sistema desigual, que, enquanto houver desigualdade social (ou qualquer tipo de desigualdade) vai haver sim, violência, Cabe ao Estado claro, e a sã consciência das pessoas) educar e cooperar com a educação e assistências humanas necessárias para que um ser humano seja digno de se constituir um cidadão normal, justo e igualitário.
  O link do site que mostra 18 motivos para ser contra a redução da maioridade penal é esse daqui: https://18razoes.wordpress.com/quem-somos/
  Deixe sua opinião aqui embaixo, contando o que achou, lembrando que aqui o foco é interação e não a discussão/brigas e/ou ofensas entre leitores. Um beijo e até mais!!















quinta-feira, 25 de junho de 2015

Resenha do livro: ''A revolução Dos Bichos'', de George Orwell


 
    Nesse último mês li o livro ''A revolução dos bichos'' e confesso que já um dos meu preferidos! Ele conta a história dos bichos da Granja do Solar (que falam, pensam..) que cansados de serem explorados pelos humanos decidem tomar posse da fazenda que vivem e se rebelam contra seus donos com o objetivo de instituir um ''sistema'' mais igualitário para todos os membros da granja, seguindo o slogan ''Quatro pernas bom, duas pernas ruim''.
   Porém, efetivamente alguns bichos, particularmente os porcos, mais inteligentes, começam a usufruir de privilégios e conquistas que os outros animais nem sonham em ter, reinstituindo aos poucos o lema opressor que diz: ''Todos os bichos são iguais, mas alguns bichos são mais iguais que outros''. Só pelo contexto da frase já dá pra perceber o que vai acontecendo ao longo da narrativa.
  O livro foi escrito no contexto da Guerra Fria, pelo escritor indiano George Orwell (pseudônimo de Eric Arthur Blair) e foi proibido na época por muitos países, inclusive até hoje, ele é proibido em países como a Coréia do norte. O autor quis passar aos leitores a visão do ''mito soviético'' numa história que fosse de fácil compreensão e traduzida por diversas línguas transmitindo a teoria de Marx do ponto de vista dos animais.
  Minha crítica é super positiva em relação ao livro, pois apresenta uma linguagem leve, fluida e de fácil entendimento, e que faz você refletir realmente toda essa questão de igualdade, e mundo cooperativo que na realidade não tem como existir, pois sempre alguns animais serão mais iguais do que outros; este é um livro que toda pessoa com certeza deve ler, porque além de mostrar metáforas históricas sobre o período da Guerra Fria, da antiga URSS, a história em si é muito interessante e envolvente relatando também fraquezas humanas, corrupções e traições, o que fazia eu querer acabar logo com o livro.
 Bom pessoal, essa foi a resenha de hoje, espero que tenham gostado e me contem aqui nos comentários o que acharam, se já leram esse livro ou tem vontade, ou se já conhecem algum outro título do autor! Um beijo, até mais!!



terça-feira, 23 de junho de 2015

Resenha: Batom Long Last Soft Matte Lipstick, da Clinique



 Oii gente!! Recebi nessa semana, dois produtos incríveis da campanha publicitária ''The Insiders brasil'' da Clinique, que está promovendo o batom Long Last Soft Matte Lipstick, #voudematte, um batom que promete durar o dia todo, tem cobertura cremosa e matte, livre de ressecamento e que não descama os lábios!
 Usei o batom pela manhã toda, e já notei a diferença logo quando passei. Por não possuir cheiro nenhum, esse batom não deixa aquele gosto de quem realmente ''passou'' batom que é bem enjoativo, além de que é um batom super duradouro, um acabamento muito bom e a cobertura matte é bem suave como o próprio nome já diz ''Soft Matte''. A campanha conta com várias cores vibrantes, todas de fórmula matte e cremosa, e a que recebi foi a cor número 48 (matte petal) que é esse daqui da foto:

#voudematte #theinsidersbrasil
   Além desse batom eles enviaram também uma nécessaire exclusiva da linha, um rímel que é o ''Clinique Lash Power'' que é uma máscara que espalha o produto cílio á cílio, e não deixa os cílios grudarem e nem fazer aquelas bolinhas de excesso do produto; o pincel é muito bom, de fácil aplicação e pode ser usado por qualquer pessoa já que todos os produtos da marca são 100% sem perfume e é testado contra alergia!  já usei o rímel também, e gostei bastante e logo logo comprarei a versão maior.




 O produto ficou famoso após uma parceria que a Clinique fez com o Alexandre Herchcovitch na São Paulo Fashion Week, que acabou virando item indispensável para as amantes de maquiagem. Muitas blogueiras já estão falando e resenhando sobre esse batom, e espero que vocês tenham gostado da dica de hoje, e me contem aqui nos comentários o que acharam da resenha, se vocês já conhecem esse produto, ou ficaram na vontade de adquirir, que eu vou adorar saber! E quero agradecer também a ''The Insiders Brasil'' e a Clinique pela parceria! Um beijo e até mais!!
















domingo, 21 de junho de 2015

Essa coisa de ''perfeição''



   "Pessoas perfeitas não existem. Somos apenas seres humanos procurando por alguém que aceite nossas imperfeições." É gente, pessoas perfeitas não existem, nunca existiram, mas em nossa sociedade ainda tem muuuuitas que se auto afirmam ''perfeitas'' que possuem aquela necessidade incrível de sempre fazer com que o outro se sinta mal, ou inferior, por não serem iguais a elas, mas cá entre nós, esse é o pior tipo de pessoa existente, e é tão bom não ser igual a ninguém...
   Essa coisa de querer ser perfeito em tudo, 24 horas do dia, seja nos estudos, nos relacionamentos, com os amigos..., a pessoa só pensa em ter tudo do jeito dela, e na perfeição dela. E pra que tudo isso? Se o que existe de perfeito são os momentos alegres e descontraídos que você nem se toca que foram perfeitos! Não busque ''pessoas perfeitas'' busque pessoas que te valorizam e que acima de tudo te respeitem.
   Claro que sempre queremos que tudo saia perfeito, somos humanos, buscamos essa perfeição dia após dia, mas quando isso vira uma obsessão infinita e não uma maneira de te impulsionar positivamente, isso acaba te tornando chato, pessoas perfeitas são chatas; ter tudo na mão e ficar de mimimi, mais chato ainda, não dá aquele gostinho de aventura que pessoas ''não perfeitas'' tem. Precisamos de pessoas com brilho nos olhos mesmo com dificuldades, e não de pessoas com olhares perfeitos e invejosos.
    Pessoas não são perfeitas, assim como a vida não é perfeita, relacionamentos e amizades não são perfeitos, todos possuem seus altos e baixos. Esquece essa coisa de ''contos de fadas'', isso tudo é enganação da mídia pra te fazer sonhar e idealizar cada vez mais com essa perfeição que não vai levar a nada mesmo. Se concentre na realidade: a vida é imperfeita, é o equilíbrio que ela tem que ter em nossas vidas gente! Nada vai está sempre 100% perfeito. E não somos nós que escolhemos assim, infelizmente. Você ainda vai amar, vai beijar, vai rir, vai errar, vai acertar e errar novamente, vai perdoar e ser perdoado, vai cair e levantar várias vezes, porque é isso que pessoas normais fazem.
   Se você ta ai lendo isso, busque o que há de feliz na sua vida e não perfeito, querer ser perfeito, é um perfeito erro, você se auto idealiza tanto que sufoca o outro com essas pequenas perfeições. Todos temos nossos defeitos, desarmonias, desajustes...Mas o que é melhor: ser normal por fora e maduro por dentro, ou perfeita por fora e podre por dentro? Agora se você quiser continuar com essa históra toda de ser perfeito, tudo bem, você vai ser um, mas como já dizia Dercy Gonçalves: ''Um perfeito idiota''      Um beijo e até mais!!
''O mundo não precisa de pessoas perfeitas, mas sim de pessoas com o amor no coração...''

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Top 5: Lugares de SP



    Morar na maior cidade do país têm lá suas vantagens, dentre elas conhecer lugares incríveiiiis que você pode ir á qualquer hora e lugares de diversos tipos, pra todos os gostos! Fiz uma lista de 5 lugares que mais gosto de São Paulo e espero que vocês gostem, e para os que não moram aqui, quando tiverem a oportunidade de vir não deixem de conhecer esse lugares! Bom, então aqui vai:

1- Avenida Paulista:



  Uma das avenidas mais famosas da cidade (se não for do país), a Avenida Paulista é um lugar que possui de tudo um pouco, museus (como o masp), diversos restaurantes, bares, lojas, shoppings, e muita, MUITA gente! Ô lugar que sempre está cheio! O parque trianon que fica beeem próximo é um dos lugares que mais gosto porque transmite uma paz, tranquilidade e liberdade que só quem vai lá sabe do que estou falando! Se você estiver passando pela paulista não deixe também de dar uma passada na Livraria Cultura do Conjunto Nacional que é encantadora e imensa, juro! Se você procura uma Avenida que têm de tudo um pouco, uma paisagem linda (se você gosta de arquitetura e prédios) e gente de vários lugares, a paulista é o lugar certo!


2- Instituto Tomie Ohtake:



  O Instituto Tomie Ohtake tem como proposta trazer as grandes tendências da arte nacional e internacional. No ano passado estive na exposição: ''Obssessão Infinita'' da artista Yayoi Kusama, que foi muito bem organizada e a exposição era muito linda e única, tirando o fato de estar muuito cheio! Se você gosta de um lugar com artes mais contemporânes esse é o lugar certo! Aqui está o link da programação completa deles: http://www.institutotomieohtake.org.br/inicio/index.html


3- Museu do futebol:



  Se você é o tipo de pessoa que está pensando: ''ai, lá vem ela com isso de futebol, não quero saber...'' PARA! Porque esse museu antes de ser sobre futebol é sobre o povo brasileiro gente!
Cercado de história, seja do próprio futebol, ou de cada jogador que representa o futebol brasileiro que é muito valorizado no mundo, a história, os costumes, e comportamentos culturais do século XX estão todos lá! Além de ser um ambiente agradável possui diversas atividades lúdicas para todas as idades. Localizado no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, conhecido com Estádio do Pacaembu, o museu é uma iniciativa do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo, então se você ainda não conhece dê uma chance ao futebol, garanto que vai gostar!
Para saber dos horários de funcionamento, e do ingresso acesse aqui: http://museudofutebol.org.br/


4-  Catedral da Sé:



  Além de ser um lugar incrível para os devotos cristãos, a catedral apresenta uma estrutura gótica que vale a pena conhecer. O lugar é muito legal pra fotografar e pra comprar lembrancinhas pra quem não mora aqui, se você ainda não conhece, dá uma passadinha lá pela manhã ou a tarde pra aproveitar a luz do dia pra ver a paisagem e para as fotos saírem mais naturais. Está localizado na Praça da Sé, no centro de São Paulo.


5- Parque Ibirapuera:



   Ideal para diversos gostos, seja pra quem gosta de se exercitar, relaxar, visitar exposições, ou pra sair do barulho do dia a dia e andar de bike por exemplo. O lugar é lindo, enorme e garante boas fotos e lembranças de tranquilidade! A infraestrutura é muito boa e eles possuem até Escola de jardinagem e um museu Afro-Brasil! Tem também o MAC (museu de arte contemporânea), que é um lugar bastante frequentado e com uma paisagem espetacular! Então se você ainda não conhece, vale muito a pena ir lá pra passar a tarde, ver as feirinhas que ás vezes aparecem de fim de semana e algumas apresentações culturais. Os horários dependem do portão que você for entrar mas existem portões que abrem as 5 horas da manhã e fecham á meia noite, então o horário é bem flexível, o que facilita a visita também. A programação, horários, e localização você encontra aqui: http://www.parqueibirapuera.org/

 Bom gente, poderia ficar aqui citando diversos lugares dessa cidade que amo tanto! Mas espero que tenham gostado, deixem a opinião de vocês aqui, e me contem se já visitaram esses lugares ou se gostaram e tem curiosidade de conhecer! Um beijo, até mais!!



domingo, 14 de junho de 2015

''Marcha das vadias'' você sabe o que é?


 
    A Marcha das vadias ou SlutWalk em inglês, é um movimento que surgiu em meados de 2011, a partir de um protesto que foi realizado em Toronto, no Canadá, contra a crença de que as mulheres são as verdadeiras ''culpadas'' por terem sido estupradas, (e não o agressor). Grande parte das mulheres que participam dessa marcha usam roupas do cotidiano, que são consideradas provocantes como: blusinhas transparentes, minissaias, lingerie, salto alto, etc, visando a igualdade de direitos, a atenção da mídia e principalmente do Estado para essa e outras causas sociais.
   No dia 30 de maio em São Paulo, a marcha foi organizada para defender o ''Aborto ilegal: Feminícido de Estado'' em que elas protestavam o porquê de mulheres ricas terem condições de realizar o aborto, mesmo que este ainda seja ilegal, enquanto a mulher pobre que não tem condições fará do mesmo jeito o aborto de maneira perigosa que pode lhe matar ou causar danos irreversíveis, sendo que o direito deveria ser igual para ambas, independente da classe social que se encontra.
   O foco aqui, não é a questão de você ser contra ou a favor do aborto, mesmo esta sendo uma decisão única e exclusiva da mulher e não sua, a questão é, que a mulher mais rica vai conseguir pagar uma boa clínica abortiva (mesmo sendo contra a lei) e terá menos riscos a sua vida, enquanto que a mulher pobre não vai ter condições de ir a uma boa clínica, e muitas vezes ela mesma realizará seu próprio aborto de maneira desumana, que pode ocasionar efeitos colaterais terríveis e até mesmo seu óbito que poderia ser evitado.
  É muito mais fácil para o próprio Estado, neste caso, não legalizar o aborto, e não ''arcar'' com despesas públicas, porque além de ser algo que acontece com as mulheres, os gastos seriam altos e muitas instituições religiosas não apoiam tal ato, (mesmo não sendo eles os estuprados e violentados). E por quê não regulamentar algo que JÁ ESTÁ ACONTECENDO, mesmo sendo proibido?
 Trouxe a opinião de duas mulheres que foram em tal evento e vou compartilhar com vocês:

  Emily Chachian, 17 anos, participou do movimento no dia 30.

''Como feminista, já era de se esperar que eu fosse na marcha das vadias e apoiasse a causa, ainda mais com o tema desse ano; a legalização do aborto! pra mim, foi uma experiência incrível ver as meninas todas unidas lutando pela mesma causa, me senti completamente segura e a vontade, realmente acolhida. É lindo ver as mulheres se conscientizando dessa maneira, e acredito que o movimento só tem a crescer e que todos temos muito a aprender com o feminismo.''



















                                   (Fonte: arquivo pessoal da leitora)



2- Amanda Rocco, 16 anos, participou também do movimento no dia 30.


''Eu participei da Marcha das vadias, e adorei. Me senti muito bem por ver que embora a mídia esconda, há muita gente que preza pela igualdade e justiça. A marcha em nenhum momento foi para a questão de ser certo ou errado abortar, a questão em jogo é que: o aborto existe. A legalização do aborto e o aborto em si não são a mesma coisa. Apesar de eu ser a favor da legalização do aborto, em grande parte dos casos, eu seria contra a sua realização, mas nunca deixaria de respeitar o direito da mulher tomar a decisão final e nem me precipitaria em ter uma posição inflexível sobre um assunto tão delicado e que envolve tantas questões.
Quem não quer ter um filho, não o terá. Acontece que uma menina de classe alta conseguirá tirar essa criança com menos risco a vida, pagando clínicas clandestinas caríssimas. Já uma menina de classe baixa, utilizará de recursos desumanos, sujos e perigosos, que poderão custar sua vida.
Nenhuma mulher é obrigada a fazer um aborto e quem for contra poderá manter sua opinião, seguir seus valores e religião. Mas aquelas que tiverem uma gravidez não planejada devem ser respeitadas na sua decisão, e o Estado deve garantir a possibilidade destas de interromper a gravidez sem correr risco de morte ou ir para a cadeia, seja ela rica, ou pobre. Nenhuma mulher deve ser perseguida, humilhada, condenada ou presa pela prática do aborto.
Um outro ponto, é que na realidade o aborto já existe há muito tempo para os homens. Porque quando esses engravidam meninas mas não podem\querem ter um filho, eles simplesmente não registram a criança. A mulher deve ter o mesmo direito de escolha. Esta é uma decisão pessoal, que não cabe a ninguém mais, além da própria mulher.
Afinal, o corpo é dela, a história é dela, a vida que está em jogo é a dela e não a sua.


                                                                                              (Fonte: acervo pessoal da leitora)


      Portanto, o que merece destaque aqui é o fato da desigualdade de direitos que deve ser mudada imediatamente! E nunca esquecer que a mulher é a única responsável pelo seu corpo possuindo total direito sobre ele!      Um beijo, e até mais!




terça-feira, 9 de junho de 2015

''Canais do youtube preferidos''




    Oii gente!! Hoje vou fazer uma listinha sobre os canais do youtube que eu mais gosto! Afinal o youtube é uma ferramenta comunicativa que está cada vez mais popular em todo o mundo, e que oferece diversos tipos de entretenimento e informação! Escolhi hoje 6 canais que eu mais acompanho e gosto, justamente por apresentarem um conteúdo bacana e diferente! Bom, aqui vai:

1- Mundo da porquinha:

 Canal de uma amiga, que aborda diversos temas do cotidiano de maneira engraçada e que faz você sempre se identificar com alguma situação! Seja nos momentos constrangedores de família, sobre fazer aniversário e até mesmo os aplicativos que já tiveram seus 5 minutos de fama, mas que já sairam da ''moda''. O último vídeo gravado eu tive a oportunidade de participar,e gravamos uma tag: ''Trote improvisado'' que está bem engraçado, e você pode conferir aqui:



2-  Felipe Neto:

Se tem um cara que é engraçado, descontraído, beeem sincero e inteligente pra caramba, esse alguém é o Felipe Neto, com certeza! hahahaha tenho uma paixonite por ele, confesso, mas garanto que você também vai gostar, e se ainda não conhece, está perdendo tempo! Ele é totalmente sem papas na língua e tem um carisma que só ele consegue ter. Apesar de ser do tipo ame ou odeie o canal dele apresenta assuntos do cotidiano, vlogs, e críticas, e esse daqui é um dos meus vídeos preferidos sem dúvidas:





3- Bruna Vieira (do blog ''Depois dos Quinze):

A Bruna é uma blogueira e youtuber que tenho um carinho imenso, pois foi graças ao blog dela que tive vontade de criar um também, já que o ''Depois dos Quinze'' foi o primeiro blog que comecei a acompanhar. Nesse canal, ela faz vídeos mais voltados ao público feminino, como: comprinhas, dicas de decoração, aplicativos, tutoriais, dicas de maquiagem, etc. Mas ela também faz vários vlogs das viagens que ela já fez, incluindo de intercâmbios que são bem bacanas! Como califórnia é meu país favorito, escolhi o vídeo que ela gravou lá:





4- Bom dia léo:

O léo é um youtuber que descobri por acaso, de madrugada antes de ir viajar e que gostei tanto que assisti todos seus vídeos num dia só! Ele aborda temas do nosso dia a dia, mas de forma muuuuito engraçada que contagia e dá vontade de mostrar pra todo mundo os vídeos dele hahaha. O que eu mais adoro nele é quando imita a voz da mãe dele de um jeito MUITO engraçado (xuxuuuuu, você sabe do que estou falando). Foi difícil escolher qual vídeo eu mais gosto, então escolhi esse:




5-  Liliane Prata:

Liliane Prata é uma jornalista e filósofa suuper fofa, que aborda assuntos de fundo mais questionador e maduro. Como amo filosofia e toda essa questão do ser humano, vou indicar esse canal como um dos meus favoritos! A youtuber é super fofa, atenciosa com os fãs e tem um carisma incrível e é toda calma pra explicar os assuntos, além de que o vídeo que ela fez, ''50 fatos sobre mim'' foi por minha indicação! Vale a pena dar uma olhada no canal dela que garanto que vai te fazer questionar sobre vários assuntos, e o vídeo que mais gosto é esse:



6- Frederico Elboni:

O Fred é dono no blog ''Entenda os Homens'', que já faz um bom sucesso aqui no Brasil, e em seu canal ele fala da maneira mais simples e fluída possível sobre vários assuntos que todo homem deveria saber; desde o fato de valorizar as mulheres e seus tipo de beleza, seja as que usam óculos, ou as que possui peitos pequenos,e por ai vai! e até mesmo aquelas que valorizam as coisas mais simples como prender o cabelo com um lápis por exemplo! Os vídeos dele são quase sempre curtinhos e simples, chegando a parecer que ele está conversando ao vivo com você realmente! E o vídeo que mais amo, com certeza é esse daqui:





  Bom gente, essa foi minha listinha de canais do youtube que mais gosto! Se vocês conhecem algum desses canais, comente aqui embaixo, ou se tem alguma indicação de seu canal favorito também! Um beijo, até mais!!










domingo, 7 de junho de 2015

''A importância de ajudar''



     Muitas pessoas trabalham em diversas ONG's ou em instituições, realizando trabalho voluntário, seja na preservação da fauna e flora, proteção á crianças e idosos, ajuda á animais abandonados, e até doando seu próprio cabelo para crianças e mulheres com câncer, ou até mesmo ajudando na doação de sangue e alimentos. Mas você já parou pra pensar que o número de pessoas que ajudam ainda é pouco se comparada a extrema importância que esses trabalhos, sem fins lucrativos possuem para a sociedade? Se você ainda não participa ou nunca participou de nenhum desses trabalhos, trouxe hoje comentários reais de pessoas que já fizeram ou ainda fazem parte de alguns projetos super bacanas, seja envolvendo uma instituição em si ou de forma pessoal, explicando mais sobre cada um deles, a fim de que você se interesse a participar de algum.

 

   1- Teto Brasil (coleta 2015):

    > Eu participei no dia 23 de maio, do Teto coleta-2015, uma organização presente na América Latina e no Caribe, que através da ação conjunta de diversos jovens e adultos e dos próprios moradores que vivem em situações precárias, tem o objetivo de superar a situação de pobreza que vivem milhões de pessoas atualmente, e que a sociedade deve reconhecer que este é um problema prioritário, que muitas vezes deixa de ser transmitido na mídia. Fui com mais dois amigos na coleta, a Marina e o Pedro, cuja finalidade era pedir dinheiro em semáforos, divididos em vários grupos nas principais avenidas do país, arrecadando assim o maior número de dinheiro possível, para a construção de casas de madeira (melhores do que barracos de papelão) que começará no final desse ano! Se você tem interesse em ajudar, participar dos eventos que eles organizam, e quer saber mais sobre esse trabalho, aqui está o link da página deles no facebook: https://www.facebook.com/TETObra

                               (Fonte: acervo pessoal da página do Teto-Brasil)



 2-  Ajuda animal, sem participar de ONG's mas de forma simbólica e solidária:

   > ''Apesar de não participar de nenhuma ONG sou muito sensível à causa animal. Acredito que qualquer ação, mesmo que seja mínima contribui para o bem estar dos mesmos. Procuro fazer o que está ao meu alcance, através de ações como dar comida e água para um animal na rua, até acolher e tratar daqueles mais doentes quando posso. Além disso, sempre ajudo aquelas pessoas que são comprometidas com essa causa e demonstram seriedade no que fazem.
  Essas atitudes me fazem realizada e feliz. Ajudar é muito importante, e todos nós podemos fazer um pouquinho.''    Taiane M. Francischinelli, 22 anos.


3-  Contribuição em orfanato (duas leitoras):

   ''Todos nós sonhamos  com um mundo mais humano, justo e solidário, e o que nos distancia dessa
realidade muitas vezes, são as nossas ações. Vou falar por mim, uma das minhas preocupações 
é com crianças que são abandonadas pelos pais. O que elas serão no futuro? E o estudo, 
o trabalho, a educação? Para isso a minha participação é ajudando um orfanato:
www.casadopequenocidadao.com.br .Você pode me perguntar: Mas isso é muito pequeno 
diante da imensidade do problema que é o abandono. Eu concordo com você, mas se o que eu 
faço for valer para uma criança se tornar um cidadão do bem ...já valeu!!!
   Para alguns, isso pode ser um sonho distante, mas penso que não é impossível, só é preciso 
cada um ter consciência e querer dar o primeiro passo.
   Existem várias formas de ajudar, pergunte-se diante do seu momento atual : qual a melhor 
forma de ajudar o outro? doar em tempo, carinho, atenção ou mesmo em dinheiro, repense 
sua posição de hoje e SE DISPONHA, participe diante das pessoas diretamente ou em  
instituições responsáveis você verá que mesmo pequena a sua atitude, grandioso é o seu 
resultado.“O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã. Faça o bem assim mesmo...
Veja que, ao final das contas, é tudo entre você e Deus! Nunca foi entre você e os outros”.
Elaine Francischinelli, colaboradora do orfanato católico, Casa do Pequeno Cidadão.''
                                              ( Fonte: www.casadopequenocidadao.com.br )
 
  > '''Bom, já estou colaborando com o orfanato há mais de um ano. Dedico algumas horas da minha semana em digitação de notas doadas para o orfanato. Sinto me feliz  pois sei que existe um retorno financeiro importante para a casa. E pelo fato também de acompanhar de perto a casa, sempre estou em contato com as crianças e sei que meu trabalho traz um pouco de conforto, pois, elas conseguem ter uma boa alimentação, cuidados essenciais com a saúde e educação, enquanto aguardam esperançosas por um novo lar.'' Silvia Vasconcelos, colaboradora também do mesmo orfanato.''


4- Doar cabelo para instituições de mulheres e crianças com câncer:

  > ''No mês de Maio de 2014, participei de uma doação de cabelo, juntamente com a minha irmã, para uma ONG chamada ''CABELEGRIA''. Minha irmã descobriu a cabelegria pelo facebook: https://www.facebook.com/cabelegria?fref=ts e foi daí que ela me incentivou já que meu cabelo estava enorme. Então fomos ao cabeleireiro, falamos que ia doar o cabelo. A cabeleireira amarrou o cabelo e cortou... Foi aí que eu pensei ''estou cortando uma coisa que nasce sempre em mim, para doar á alguém que sofre com esse problema''.
Quando a ONG recebeu meu cabelo e o da minha irmã eles mandaram um certificado. O cabelo para as mulheres, é sinal de beleza e vaidade. Para mim foi uma experiência gratificante poder contribuir na beleza das outras pessoas, fazendo-as se sentirem bem consigo mesma.'', Mirella Flammia, 17 anos.

                                                  (Fonte: acervo pessoal da leitora)



 4- Doar sangue:

> “A sensação de doar sangue é algo indescritível, uma parte de você vai ser útil para salvar a vida de outra pessoa. Mais pessoas deveriam fazer doações, pois há sempre a necessidade de repor os estoques, já que sempre há alguns tipos de sangue que estão em falta e isso pode muitas vezes custar a vida de pessoas, principalmente no carnaval e no verão, que é o período em que mais ocorrem acidentes e há maior de necessidade de transfusão de sangue. Se você puder tirar alguns minutos de um dia a cada 4 ou 5 meses e ir para um posto de doação, você poderá sentir essa sensação extraordinária! Para conhecer mais acesse: http://www.prosangue.sp.gov.br/hemocentros/Default.aspx , Lucas Barbosa, 19 anos

(fonte: amorporenfermagem.blogspot.com.br)


Vocês viram que existem diversas maneiras de ajudar o próximo, basta você sentir interesse em ajudar, e procurar qual situação você está agora, e qual tipo de ajuda você pode oferecer, seja doando dinheiro, tempo, carinho e solidariedade! Espero que esse post tenha aberto a sua mente em relação á importância de querer ajudar o próximo e que você encontre alguma maneira de participar de algum trabalho voluntário, ou ONG's! Um beijo, e até mais!!








   









quinta-feira, 4 de junho de 2015

Resenha do livro: ''Não se apega, Não!''




    ''Desapegar: remover da sua vida tudo que torne seu coração mais pesado. Loucos são os que mantém relacionamentos ruins por medo da solidão'', Oii gente! essa frase de hoje é do livro da querida Isabela Freitas, ''Não se apega não'', que faz um baita sucesso aqui no Brasil e que resolvi falar um pouco mais sobre ele hoje!
    Li ano passado graças a indicação de uma amiga e me encantei tanto, porque esse livro é do tipo que parece ter sido escrito pra você! eu fui me encaixando de um jeito tão incrível nele que já emprestei pra mais de 5 pessoas (juro!) e todas elas amaram e se identificaram também! De linguagem descontraída, daquelas beeem fluídas e engraçadas, a autora dá dicas desde como superar fim de relacionamentos, até o fato de se apaixonar por aquele primo bonitinho da família! Ela também escreve no livro, crônicas envolvendo um relacionamento ''fictício'' que garanto que você já deve ter passado por muitas situações que a protagonista passou!
   O legal do livro é que a Isa adora mostrar que muitas pessoas namoram apenas por namorar, com medo de se sentir ''só'' acumulando todo o apego do passado, não deixando você viver no seu presente, e nem estar pronto pro seu futuro, não é mesmo? (pra que o outro quando você esta cheio de você mesmo?) ''Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase você deve encontrar a metade da sua laranja. Calma lá amigo! eu nem gosto de laranjas. O amor vem pros distraídos.''. Primeiro livro da autora que já vendeu mais de 130 mil exemplares só em 2014, têm sua continuação agora com o ''Não se iluda, não'' que você pode encontrar aqui: ( http://www.saraiva.com.br/nao-se-iluda-nao-8884925.html ).
  Trouxe também a opinião de duas leitoras que leram o ''Não se apega não'' e que gostaram!

  1- Giovanna Batista, do canal ''Mundo da Porquinha''  

Olá galera,meu nome é Giovanna já li o não se apega não e se eu falar que este livro está nos meus tópicos de 5 livros favoritos não estarei exagerando, agora vocês me perguntam o porquê eu gostei tanto desse livro....Simples, eu nunca tinha lido um livro para jovens ensinando você a não se apegar, a lidar com os garotos de uma forma tão simples e tão engraçada! Além de que eu também já passei por muitas coisas que o livro mostra... haha bom, super recomendo e obrigada Biazinha por me convidar a fazer meu comentário sobre este livro, beijos ! link do canal: https://www.youtube.com/channel/UCA9om7HRwM3T9SEOnauXp4A

  2-  Carol Huertas, do tumblr '' http://imtheglow.tumblr.com/ ''

Se eu tivesse que definir o livro em poucas palavra seria "meu guia". É incrível como "Não se apega não" consegue fazer você se identificar com no mínimo uma coisinha em cada capítulo, Eu mesma não consigo ler nem 3 páginas sem grifar alguma parte que eu sei que vou levar como lição pro resto da minha vida, Sabe aqueles textos que você lê e parece que fica martelando na sua cabeça? Meu tumblr mesmo às vezes parece que é dedicado ao livro, porque ele me define muito e tem umas verdades que parece um tapa na sua cara hahaha... Mas que levam o seu amor próprio lá encima. E muito se engana quem pensa que o livro é só pra quem tá sofrendo de amor ou quer viver uma vida de solteiro, você vai se encantar por ele independente do momento que estiver vivendo, é um daqueles livros que você DEVE levar com você sempre.


   Bom gente, espero que vocês conheçam mais o trabalho da Isa Freitas que é bem bacana! E pra quem tiver interesse vou deixar o link do site dela aqui! Beijos, e até mais!!!
Site da Isa: http://isabelafreitas.com.br
   Link pra comprar o livro: ''Não se apega, não''  http://www.submarino.com.br/produto/119600530/livro-nao-se-apega-nao